Destaques

Leandro Souza Ambientes vende equipamento moveleiro:

Anncio

Para outras informações: (61) 8150-0681 ou tatianagrell@gamil.com 

Sob o ponto de vista que o mercado de trabalho carece de profissionais com curso técnico, a diretoria do Sindimam reforça a importância dessa profissionalização nos dias atuais, em específico para o setor moveleiro. O especialista em produção moveleira tem a possibilidade de se formar para gerenciar todas as fases do processo produtivo de móveis. Esse profissional possui profundos conhecimentos sobre os tipos de madeiras e suas combinações com outros materiais, entende sobre as tecnologias de acabamentos e também o processo de produção como um todo.
Para se ter ideia da amplitude dessa área, o profissional do segmento moveleiro que possui formação em nível médio pode optar por cursos técnicos com duração de dois anos. Os cursos disponíveis para tal qualificação são variados: Técnico em produtos de design de móveis, Técnico em design de móveis e o Técnico em móveis e esquadrias. Além disso, existem também os cursos livres que podem aperfeiçoar o trabalho do funcionário da indústria moveleira, como na área de Mobiliário, Ergonomia e outras. Importante destacar que grande parte dos técnicos já conclui o curso com emprego garantido.
Em Brasília, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Distrito Federal (Senai-DF) disponibiliza 190 vagas para cursos técnicos em diversos campos de trabalho. As inscrições que se encerram no dia 31/5 englobam vagas nos cursos de edificações, manutenção automotiva, segurança do trabalho, eletrotécnica, administração, eletromecânica e redes de computadores. As vagas serão abertas para as unidades de Taguatinga, Gama e Centro de Tecnologia da Informação, no SIG.
A demanda é tamanha que o governo federal estendeu o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), que financia o valor do curso, também para os cursos técnicos e profissionalizantes. Empresários poderão financiar a participação dos funcionários em cursos técnicos de instituições privadas habilitadas pelo Ministério da Educação (MEC). Estudantes e qualquer pessoa que tenha o ensino médio completo poderão ter acesso ao financiamento, por meio do Fies Técnico, disponível no MEC. Além disso, o Ministério da Educação acaba de lançar o Portal do Pronatec (Programa Nacional de Acesso à Escola Técnica), veículo oficial de informações sobre o Pronatec 2011 e demais subprogramas que integram o Projeto do Pronatec 2011. As inscrições estão previstas para junho deste ano. Todas as medidas anunciadas até o momento dependem da aprovação do projeto de Lei do Pronatec 2011.

 Fonte: Assessoria de comunicação do Sindimam

Carto_de_pscoa

Prezado Associado,

Conforme solicitação do Presidente, Sr. José Maria, informamos a Vossa Senhoria que o SINDIMAM  conseguiu uma redução com o Procad, no valor da Licença do Software  PROMOB PLUSS.
 
De acordo com a proposta do Procad, se captarmos um grupo de cinco  empresas interessadas o valor da licença sairá por R$ 2.050,00 (dois mil e cinqüenta reais),  porém caso o número de interessados alcance 10, o valor poderá ser renegociado.
 
Solicitamos que as empresas  interessadas em adquirir o software envie e-mail (sindimam@sistemafibra.org.br) até o dia 19/4..

Att,

José Ilton
Coordenador do Projeto de Madeiras e Moveis

O SINDIMAM em parceria com o SEBRAE, SENAI e FIBRA está promovendo captação de interessados, junto as empresas associadas, para participar dos cursos abaixo, ressaltando que são apenas duas vagas direcionadas por empresa. Caso haja uma demanda maior poderão ser abertas novas turmas. Os cursos serão realizado entre abril e maio, a depender do preenchimento das vagas.
 - Leitura e Interpretação de Projetos - período noturno
- Promob básico - período diurno de curso - uma vaga por empresa
- Promob avançado - período diurno  -  uma vaga por empresa
- Marceneiro linha reta - período noturno
- Saúde e Segurança no Trabalo - período a definir
-Obs.: Enviem a quantidade de interessados que a empresa sentir necessidade (de forma numerada) para que possamos ver a possibilidade de se abrir novas turmas.

O Projeto Madeira e Móveis foi elaborado baseado nas informações coletadas durante a última pesquisa Levantamento das Necessidades de Treinamento, a qual contou com visita in loco às empresas. Portanto várias ações que serão executadas durante o ano 2011 serão para atender as necessidades levantadas na pesquisa. O SINDIMAM se preocupa com a formação, capacitação e desenvolvimento do setor. Não perca tempo e garanta já a sua vaga e de sua equipe.

Favor enviar os nomes para o email do SINDIMAM: vanda.benedito@sistemafibra.org.br, ou nos telefones do SINDIMAM 3234-3863  - 33273893

Subcategorias

Últimas Notícias

Publicidade

Serviços

Enquete

Como o Sindimam pode lhe ajudar?

Parceiros