Destaques

 

 
 

O Sindicato das Indústrias da Madeira e do Mobiliário do Distrito Federal (SINDIMAM-DF) lançou a ação social "Faça o bem ao próximo" como forma de ajudar quem mais precisa neste momento. A cota de contribuição é R$ 102,03 e você pode doar quantas cotas quiser. Seu gesto de solidariedade vale muito.

Instituições Beneficiadas:

- Instituto do Carinho - Ceilândia-DF

- Instituto Aide de Araújo - Ceilândia-DF

Cota da Ação: R$ 102,03

Depósito e Transferência:

Sicoob Empresarial

Agência: 4364

Conta: 76-0

MUITO OBRIGADO!

 

 

 

A Diretoria do Sindicato das Indústrias da Madeira e do Mobiliário do Distrito Federal (SINDIMAM-DF) teve papel decisivo na abertura das lojas de móveis no DF. A inclusão da categoria no decreto nº 40.612, publicado em edição extra desta quinta (09/04), aconteceu por meio de ofício enviado (dia 07/04) ao Presidente da Federação das Indústrias do DF – FIBRA, Jamal Jorge Bittar.

No documento, o Presidente do SINDIMAM, Daniel Gomes, cumprindo deliberação da reunião virtual da Diretoria, solicitou que fosse pedido ao Governo do Distrito Federal a liberação do funcionamento das lojas dos fabricantes de móveis planejados do DF. Os membros ressaltaram que a solicitação levou em conta que os espaços não têm aglomeração de pessoas e os profissionais já trabalham distantes uns dos outros.

“Reconhecemos a importância das medidas preventivas contra o coronavírus. Mas aos poucos precisamos retomar as nossas vidas na capital federal. As lojas são uma extensão das fábricas e precisam captar demandas para produção. Nosso setor é muito importante para economia do DF e até agora não tivemos demissões ou redução de salários. Nossos empresários estão comprometidos com o crescimento econômico”, enfatizou Daniel Gomes.

 

 

Seguindo as orientações do Ministério da Saúde e do Ministério Público do Trabalho (MPT), para controle do surto do novo coronavírus, o SINDIMAM e o SEBRAE/DF resolveram adiar a realização do Seminário Reforma Trabalhista, que estava programado para o próximo dia 24/03.

"À medida que crescem os casos de Covid-19 pelo Brasil, precisamos ficar em alerta e colaborar para evitar a disseminação da doença. Por isso, tomamos essa decisão em conjunto”, afirmou o presidente do SINDIMAM/DF, Daniel Gomes.

O SINDIMAM ressalta que a nota técnica do MPT, divulgada no último sábado (14), com medidas que devem ser adotadas por empregadores, sindicatos patronais e sindicatos profissionais, para conter a epidemia de coronavírus no país deve ser cumprida efetivamente.

“Quanto mais cedo nos distanciarmos mais cedo nos abraçaremos”.

VAMOS JUNTOS!

Subcategorias

Últimas Notícias

Publicidade

Serviços

Enquete

Como o Sindimam pode lhe ajudar?

Parceiros